Partido dos Trabalhadores já pensa na renúncia de Dilma

 

dilma-rousseff renuncia

Dilma Rousseff sempre foi convicta ao dizer que não renunciaria. Agora o Partido dos Trabalhadores já não descarta tal possibilidade.

Agravada a crise econômica e política o cenário já não comporta esse impasse. O País precisa sair desse roteiro de ficção, como já apontou um jornal do exterior.

Segundo informações da coluna da jornalista Monica Bérgamo, dirigentes históricos e ligados a Lula acreditam que essa possa ser uma atitude extrema, caso o pacote fiscal enviado ao Congresso seja rejeitado. Tal derrota causaria grande abalo no Planalto.

O Supremo Tribunal Federal (STF) mudando de rumo já pensou em barrar o processo de impeachment, conforme conversas no Planalto. Esta especulação diverge do dito pelos ministros Barroso e Lewandowski em entrevista com deputados da Comissão Especial do Impeachment que o STF não interferiria na decisão quanto ao mérito do impedimento . Mesmo se isso viesse a ocorrer, a situação do governo ficaria insustentável e Dilma acabaria renunciando para não provocar uma conflagração.

O PT calcula que Dilma tem cerca de três semanas para se reestabelecer e deixar claro que é a única alternativa de poder até o fim do seu mandato, em 2018.

A presidente, apesar de sempre conversar com membros do seu governo sobre a tentativa de impeachment por parte da oposição, tem repetido que não renunciará em nenhuma hipótese.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s