Franz Kafka

 

 kafka-portrait1-1Franz_Kafkakafka

Franz Kafka nasceu num bairro judeu na cidade de Praga, em 1883.

Durante sua breve existência Kafka conseguiu realizar obras de uma originalidade que causou estranheza, porém influenciou a muitos .

A rigor seus rodos seus livros são póstumos e salvaram-se da condenação que o autor os havia determinado mercê da diligência de seu amigo, testamenteiro e biógrafo Max Brod, que publicou seus manuscritos.

Quando deixou a Universidade trabalhou por um certo tempo numa companhia de seguros e foi a tuberculose que o livrou desse trabalho, posto que a intervalos era necessário passar umas temporadas em sanatórios.

Sua atormentada vida  no entanto não o impediu de escrever “Considerações”, publicado em 1913. Já “Metamorfose” uma de suas mais longa e célebre obra, escrita em vinte dias, entre 17 de novembro e 7 de dezembro de 1912, quando tinha 29 anos, foi publicada em 1915.

No ano de 1912, ainda, há havia descoberto e consolidado sua forma típica de imaginar e compor ficção, inaugurando-a com “O Veredicto”, escrito dois meses antes, entre os dias 22 a 23 de setembro. Quando em 1914, em 6 de agosto, Kafka observa: “encarando do ponto de vista da literatura, meu destino parece bastante simples. O desejo de representar minha fantástica vida interior se substituiu a tudo o mais”. Era escrevendo que ele afastava seus fantasmas e minimizava a dor de sua alma atormentada, que o impedia de dormir. Em 1919  foi a vez de os catorze contos fantásticos, catorze pesadelos que compõem “Um Médico Rural”.

Por Max Brod foram editados “América”, “O Processo”, a mais conhecida obra de Kafka e “O Castelo”, três extensas novelas e também doze cadernos que constituem os “Diários”, as “Cartas à Milanesa” e a “Carta ao Pai”, além dos contos e apólogos que ainda permaneciam inéditos após sua morte em 1924, num sanatório próximo à Viena.

Kafka  é uma autoridade literária que influenciou extremamente a humanidade. Seus textos tinham uma ambiguidade espiritual, principalmente no aspecto de sua escrita estar calcada no judaísmo.

Para Erich Heller havia gnoticismo literário no estilo do autor, muito mais do que para a tradição normativa judaica, em especial em “O Castelo”, inobstante não ser este um fenômeno da época.

Muitos estudiosos dizem que pode-se distinguir um elemento judaico no gnoticismo aparente de Kafka.

franz-kafka-header

Nos seus “Diários” de 1922, Kafka insinua sutilmente que até sua adesão ao negativo era uma questão de dialética: “ O negativo sozinho, por mais forte que seja, não é o bastante, como eu chego a pensar em meus momentos de maior desconsolo. Pois sempre que dou um mínimo passo acima, sempre que conquisto algum sentido de segurança, mesmo o mais dúbio, eu então me demoro e espero pelo negativo, não para que venha até mim, mas para me puxar para baixo. Trata-se portanto de um instinto de defesa, que me impede gozar  um conforto duradouro, por menor que seja, e desfaz a cama matrimonial, por exemplo, antes mesmo de ter sido feita.”

 kafka-metamorfose

Este é realmente o negativo kafkiano?

Inúmeros estudiosos parisienses entendem que há uma noção hegeliana nessa passagem de Kafka nos seus “Diários”. Outros tantos compreendem que o negativo de Kafka, diversamente do conceito de Freud, descende da tradição da antiga teologia negativa, o gnosticismo.

Independente das discussões das teorias de o negativismo kafkiano estar calcado no gnosticismo ou numa noção hegeliana, importa altamente o seu legado ao mundo na forma forte de sua literatura.

A publicação póstuma das obras de Kafka feita por Max Brod seu testamenteiro que não conheceu da vontade de Franz, que lhe deixara a incumbência de queimar todos os seus escritos incompletos, os escritos que ele não chegara a publicar em vida. A Max Brod a humanidade deve um inestimável serviço à cultura universal e à glória do escritor morto.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s